quinta-feira, 30 de abril de 2015

Mundo ao redor

Passos rápidos e distraídos.
Não sente cheiros, nem vê os botões se fechando com a chegada do outono.
É tudo dinâmico, corrido, intenso.
O tempo passa, como passam as ilusões.
Como passam os verões.
Como passa a presença e a ausência.
Um d
ia o esquecimento toma conta e o que era importante e presente, passa a ser apenas uma lembrança.
Mas vejo esse mundo ao meu redor e percebo como tudo muda, e com o tempo, mudo também.
As coisas, as pessoas, as prioridades, os sentimentos...
Não posso e não devo ignorar o mundo ao meu redor.
E o tempo? Ah o tempo está no pensamento de quem o tem.

Nenhum comentário: