quinta-feira, 15 de junho de 2017

Sozinha

Vem, me beija e deixa eu te beijar.
Vem, se deixa levar pelo embalo do nosso amor, que chegou e que está em nós.
Vem pegar minha mão, pegar meu corpo em fogo e te entregar a esta paixão.
Não senti sozinha e você também não.

Teu beijo ficou na minha boca e teus carinhos na minha alma, teus gemidos ecoam em meus ouvidos.
Eu quero mais!
Ainda temos o que descobrir juntos. Amanhã não importa.
Deixa o amor chegar seja como for.

Não senti sozinha, você não sentiu sozinho. Por que jogar? Quero viver, quero ser, quero você!

Mas então abri os olhos...
Notei que estava só.
Você não veio, nem esperou.
Não, nem  chamou.
E foi então que percebi que Senti só.
E que só eu senti.

Nenhum comentário: